31/12/1969 21:00


COMO USAR O FGTS NA COMPRA DE UM IMÓVEL

FIque por dentro de como fazer uso correto desse benefício

Para quem pretende adquirir uma nova residência no momento, vale destacar que é possível utilizar o FGTS na compra de um imóvel. Caso não saiba, a sigla significa Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e é liberado para o saque todos os anos, de acordo com normas específicas. Contudo, isso significa que, para usar o benefício na compra de uma residência, também existem algumas regras.

Continue acompanhando este conteúdo e entenda como conseguir a autorização para usar o FGTS e adquirir seu novo lar. Confira a seguir!

DECIDA ENTRE COMPRAR OU ALUGAR

Antes de tudo, você precisa decidir se vale a pena utilizar o benefício para comprar uma casa ou se é melhor continuar com o aluguel. Para isso, procure saber qual taxa de juro incidirá sobre o valor do imóvel com o passar dos anos. Em seguida, some o valor das parcelas do aluguel com seus respectivos reajustes anuais. Caso o valor total do financiamento seja inferior ao custo do aluguel no mesmo período, siga em frente.

SAIBA SE TERÁ DIREITO AO BENEFÍCIO

Outra informação que vale muito destacar é que o FGTS só é repassado para trabalhadores sob contrato pelo regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Se você faz parte desse grupo, então, receberá da empresa para qual trabalha, todos os meses, 8% do seu salário. O pagamento é feito para uma conta vinculada ao seu CPF na Caixa Econômica.

ENTENDA COMO UTILIZAR O FUNDO DE GARANTIA NA AQUISIÇÃO DE UMA CASA

Existem três formas de utilizar o FGTS na compra de um imóvel. A primeira é para comprar ou construir uma residência, seja por meio do pagamento à vista ou financiado. A segunda é para quitar qualquer saldo devedor que possua, normalmente em caso de empréstimos pessoais. A terceira possibilidade é de adiantar o pagamento das parcelas de algum financiamento prévio. 

CONHEÇA OS PRÉ-REQUISITOS DE USO PARA ESSE FIM

Como o seu objetivo é usar o benefício na primeira possibilidade, é necessário entender quais são as regras. A primeira delas é que você precisa ter, no mínimo, três anos de trabalho com carteira assinada. Além disso, não pode ter financiamentos em aberto no SFH (Sistema Financeiro de Habitação) e nem ser proprietário de qualquer imóvel residencial urbano.

DESCUBRA COMO DEVE SER O IMÓVEL PARA TER O BENEFÍCIO LIBERADO

Em todo o território nacional, a residência desejada não pode ultrapassar o valor de R$1,5 milhão. Caso pretenda utilizar o dinheiro para construir uma casa, o terreno deve estar em seu nome e o imóvel deverá ser usado exclusivamente para moradia em local urbano. Vale destacar a importância de ter toda a documentação da propriedade em dia, como o Registro de Imóveis.

Depois de compreender as principais regras de uso do FGTS na compra de um imóvel, chegou o momento de sacá-lo. Para isso, consulte o seu saldo de fundo de garantia, separe a documentação necessária — RG, CPF, extrato de conta do FGTS, declaração completa do IR (Imposto de Renda) e certidão de casamento ou união estável, se existir. Feito isso, procure uma agência da Caixa Econômica para apresentar os papéis e verificar a possibilidade de uso do benefício.

Agora que você já sabe como usar seu FGTS na aquisição de um novo lar, aprenda a se planejar financeiramente para comprar um imóvel!

Fonte: Muniz e Costa

Deixe um comentário:

Receba novidades por email